top of page
  • Foto do escritorGessi Guimarães

Herança para nossos filhos: princípios divinos, valores morais e culturais

Atualizado: 14 de abr. de 2023

Todo ser humano, não importa cor, raça, etnia, credo religioso, nem a sociedade a que pertence, pensa em deixar um mundo melhor para seus descendentes.


Porém, às vezes não tem oportunidade, nem conhecimentos de como auxiliar na construção de um diferencial na formação de um bom caráter na vida de suas crianças, adolescentes e jovens; diante de tantas ofertas destituídas de valores que a mídia oferece.


A primeira infância é a base para essa formação. É muito importante que o adulto participe da alegria da criança, deixando se levar pelo sorriso encantador dos pequenos, oportunizando despertar a criança que existe dentro dele. Dessa forma é que acontece a conexão com a criança, e assim ela se sente cuidada. Esse convívio com ela deve ser visto como um dos momentos mais importantes de nossas vidas.


A idade da primeira infância é aquela na qual se desenvolve e se confirma o caráter do indivíduo.


No corre-corre do dia a dia dos pais, o tempo para os filhos é muito curto e, às vezes, nem sobra tempo para os filhos. Por muitas vezes as crianças não querem absolutamente nada de seus pais, a não ser a atenção e um gesto de carinho. Se falta tempo a esses pais, muitos filhos optam pelo caminho da rebeldia e da agressividade porque não se sentem à vontade para pedir, na verdade, não foram ensinados por também faltar tempo para estabelecer diálogos entre a família. Quando a rebeldia e a agressividade figuram como única voz para as crianças, muitas são mal interpretadas por seus pais, os quais preferem suprir a ausência da sua paternidade com presentes.


Pais, o maior investimento que vocês poderão fazer por seus filhos é oferecer uma boa educação pedagógica, portanto, invistam em uma escola onde eles aprenderão os conteúdos e lincá-los aos sete princípios bíblicos: Mordomia, Caráter, União, Soberania, Individualidade, Semear e Colher e Autogoverno. Esse método de educação libera o potencial do indivíduo, forma o caráter, constrói grande conhecimento baseado na cosmovisão cristã, que é a visão de ver o mundo conforme a palavra de Deus.


Esse modelo de escola, que está fundamentado nos princípios cristãos, visa proporcionar aos alunos o melhor possível em termos de Metodologia Educacional; desenvolvendo o entendimento, garantindo o crescimento de suas potencialidades, formando bons hábitos e atitudes para que eles possam conduzir a sua vida de maneira autogovernada, isto é, vindo a influenciar de maneira construtiva a sociedade.


Penso que o caráter é um dos principais e mais importantes princípios. É ele que ajuda a formar o ser humano que a criança vai ser quando atingir a fase adulta.

Que tipos de atitudes ela vai ter diante de cada situação da sua vida. Como ela resolverá seus problemas e obterá novas oportunidades para corrigir seus erros e sanar suas dificuldades.


A escola tem um papel muito importante na primeira infância. Muitos a tem como sua segunda casa, por isso, devem se sentir acolhidos, amados e valorizados. Na escola é que se dá a continuação do aprendizado, do desenvolvimento e da educação. Esse processo deve ser iniciado em casa, onde pais e filhos devem se oportunizar momentos felizes de brincadeiras, ensinamentos e respeito mútuo.


Se pais, escola e professores formarem uma grande parceria, tomarem decisões juntos, cumprirem as mesmas, tiverem os mesmos objetivos e trilharem o mesmo caminho, as crianças terão um futuro brilhante. Cada parte complementará a outra. Organização, planejamento, educação e futuro serão palavras norteadoras para formar bons gestores de família.


Augusto Cury em sua obra “Pais inteligentes formam sucessores, não herdeiros” nos revela “Quando nos tornamos pais, assumimos o compromisso de criar um indivíduo que levará nossa herança para o mundo – não apenas a carga genética e os bens materiais, mas também, e principalmente, nossos valores e nossa cultura. Mas como saber que estamos acertando na criação de nossos filhos? A formação de sucessores é uma das áreas mais vitais da educação de mentes brilhantes.“


Se, como pais, pudermos assumir este compromisso, escolheremos uma instituição de ensino que dará continuidade ao que estimulamos em nossos filhos. Pois o que se pode desejar, tanto do reduto da família quanto do reduto escolar, para nossas crianças, é que cresçam felizes, tornem-se adolescentes bem resolvidos e vivam como adultos realizados com o caminho que escolheram.


Segundo a Bíblia sagrada: Provérbios 22:6 – "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele."



Gestora Acadêmica Gessi Guimarães

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page